28 de out de 2014

III MESA REDONDA SOBRE AS CARTAS CIGANAS

Um dia que transforma o aprendizado

Foi como descobrir um tesouro (8), tesouro este que não estava tão perto (21) para que eu pudesse tocá-lo. Estava distante mas eu sabia onde estava, o mapa indicava (22), o coração impulsionava o corpo e os olhos buscavam por aquele lugar que já parecia ser conhecido (16), parecia ser um trajeto realizado diariamente. Após uma viagem exaustiva (3+17+2) cheguei naquele local no limite da ansiedade (21). Todos estavam ali, atentos, compenetrados, os olhares vidrados naquele que compartilhava o seu conhecimento (27+26) em uma fração de hora, mas que poderia durar várias inteiras, sem cansar.

Este sentimento tive ao chegar na III MESA REDONDA SOBRE AS CARTAS CIGANAS realizado por Tânia Durão no final de semana passado. Um dia sem igual, um momento para renascer, deixar muita coisa pra trás e perceber o quanto aquelas pessoas que ali estavam se identificavam com tudo o que era falado, ouvido, visto e sentido. A cabeça relaxa e esquece tudo o que já tinha acontecido previamente a este encontro. Parece outro mundo, um local onde o amor por aquilo que se discute e se tem paixão ultrapassa qualquer sentimento de vaidade, lá estavam aqueles cujo conhecimento da cartomancia é especial, é verdadeiro, é curioso, é discutível.

Deixaram todas as regras, dogmas e olhares restritos do lado de fora. Era o momento de aprender, de trocar experiência, de apresentar e passar aos outros aquilo que sabem, que fazem com ética, compromisso e amor. Alguns com uma caminhada maior, outros chegando agora, mas não tenho dúvida alguma: os mestres da cartomancia ali estavam presentes! Por que eu falo em mestres? Por que o mestre ensina aquilo que sabe não sobre um palco distante dos que ali estão para aprender, os mestres com suas palavras e olhares tão próximo faziam com que tudo ficasse mais fácil, mais simples, mais lógico.

Esta foi a III MESA REDONDA SOBRE AS CARTAS CIGANAS, este foi o momento de transformação que o evento causou. Quando participamos de um evento semelhante a este sempre pensamos no que vamos aprender, o que traremos de novo daquele local, o que isso acrescentará no meu trabalho. Para quem ficou de fora e agora apenas pode olhar os momentos registrados por imagem não tem noção da carga de informações e sensações que o evento nos entregou. Olhando a programação até podemos ter uma ideia sobre o que seria discutido durante as palestras, mas na programação ou no flyer do evento não está explicita a força que nos envolveu. Repito em dizer que é algo mágico, é tão inebriante que levei mais de um dia para processar e colocar dentro de cada “caixinha” a experiência de estar ao lado de pessoas verdadeiras, de amor transbordante, de pessoas que tocam, de olhares que não precisam de palavras. O simbolismo vem no olhar e a comunicação acontece como se fosse em outra dimensão.

Queridas e queridos, poder passar um dia com vocês é algo transformador. Pior ... causa dependência!!! Quem dera tivéssemos mais pessoas com este amor, esta vontade, esta humildade e vontade de crescer. Ontem comentei em uma foto do evento que aquele momento não tinha dinheiro no mundo que pagasse e hoje tenho a certeza de que não há fortuna capaz de encher meu coração de satisfação.

Sônia Boechat Salema, poder te abraçar e olhar no teu olho foi a forma que consegui para te entregar a minha gratidão por tudo o que contigo aprendi e aprendo sobre cartomancia. Alexsander Lepletier, com a serenidade e sabedoria que só o Lírio nos dá, foi o primeiro encontro de vários que virão. Ismênia Woyame, forte mulher que cativa qualquer um com seu doce olhar e uma alegria irradiante deixou em meu olhar seu sorriso. Victor Magalhães, o único contato que tínhamos era numa troca de jogos que fizemos inbox, prometo que na próxima seguimos para a festa SIM!!! Tato Cunha, surpreende com a velocidade de suas respostas, pessoa encantadora que arrebenta o peito de qualquer um. Renata Vasconcelos, minha gratidão pelo abraço e carinho. Julia Tourinho, quem não se apaixona??? Amei demais te conhecer!!! Luqiam Osahar, me arrebatou com uma força de urso, sábias palavras as suas. És uma companhia indispensável!!! Dalila Tiago, posso dizer que acabei minha noite ao teu lado, tem um coração imenso!!! Chris Wolf, no primeiro abraço ficou marcado nosso compromisso: “Quando será o próximo encontro???” Emanuel J. Santos “Manu”, posso dizer que nosso encontro foi da ficção à realidade, já tinha um carinho e respeito por ti muito grande, mas depois de te conhecer não consigo expressar o que é, apenas te dizer: sou grato por Ele ter feito este encontro. Tânia Durão ... a matriarca desta família. Pensou em todos  e em tudo, este foi o nosso primeiro encontro de muitos outros que estaremos juntinhos, a distância agora é bobagem. Não sei como nem o quanto te agradecer, minha mestra! A ti deixo estas palavras ...

“Como uma criança tu me pegou no colo e me ensinou a empunhar um baralho. De carta em carta foi contando uma história que trazia consigo o significado daquela imagem, foram 36 histórias uma mais bela que a outra. Sentou-me no chão e mostrou como se abre um lenço para ali deitar as cartas e me disse: 'embaralha, te concentra e vai. Abre o jogo e deixa fluir, sem regras, segue tua intuição e teu coração.' Contigo nasci, cresço e caminho. Por muitos anos quero estar ao teu lado e com esta familia nessa tenda de encantaria, magia, amor, verdade, alegrias e compaixão brindando sempre ao final de nosso trabalho com uma grande festa!”.


Que venha a IV MESA REDONDA SOBRE AS CARTAS CIGANAS EM JUNHO DE 2015!!!

Gratidão a todos!

Dênis Maapelli

4 comentários:

  1. Que bacana, que bom te conhecer. Que seja o primeiro de muitos encontros, de muitas Conversas Cartomânticas!
    Forte abraço meu querido!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Manu, foi apenas o primeiro sim, várias Conversas Cartomânticas virão.
      Abraços....

      Excluir
  2. Dênis, eu tenho que repetir suas palavras, pois assino em baixo, sempre. “...Deixaram todas as regras, dogmas e olhares restritos do lado de fora. Era o momento de aprender, de trocar experiência, de apresentar e passar aos outros aquilo que sabem, que fazem com ética, compromisso e amor....” E foi isso tudo que me fez sentir em casa. Fiz questão de estar perto de todos vocês. Agradecer tudo que vocês compartilham nos seus blogs. Ensinamentos brilhantes sobre as Cartas Ciganas e sobre a Vida. Estava feliz de estar ali. Não fiz questão de fotos, pois foi especial para mim, estar ali e com vocês.
    Obrigada Dênis por lhe conhecer. Vocês são artistas para mim. rs. Sou sua fã, também.
    Acompanhando sempre por aqui.
    Tenha dias de muita paz e felicidades.
    E o próximo será mais amor com as Cartas e a Família. Aguenta coração. kkk
    Um super abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Renata, querida, a felicidade é muita ao conhecer uma pessoa que acompanha o meu trabalho e saber que ele faz parte de outras pessoas especiais. Obrigado mais uma vez.
      Beijos e abraços de luz!!!

      Excluir